Home > Notícia Leitura
Junho de 2020

05/06/2020
Dengue: Estância fará mutirão de limpeza todos os meses
Com o aumento crescente de casos de dengue em Estância Velha, a equipe da Vigilância em Saúde (Visa) da Secretaria Municipal da Saúde (Semsa), está buscando alternativas rápidas e eficazes de combate ao mosquito Aedes aegypti. Atualmente são 39 casos no Município. Destes, 10 estão curados e quatro ainda aguardam resultados dos exames.

O bairro Lira continua liderando o ranking com o maior número de infectados, com 17 casos. Logo atrás está o Bela Vista com 10. Os demais casos: Floresta (3); Loteamento Veneza (1); Lago Azul (2); Campo Grande (1); das Quintas (1); União (2); Centro (1); Rincão dos Ilhéus (1). Vale destacar que dois casos são importados, ou seja, vindos de fora do Município.

De acordo com a coordenadora da Visa, Rosane Hermes, o trabalho de prevenção não pode parar. Por isto, está sendo organizado para realizar mutirão de limpeza todos os meses nos bairros com casos positivos. ?Estamos junto com os estancienses na luta contra a dengue. Cada um deve fazer a sua parte. Peço que não deixem água parada em casa?, frisa.

Relembre as ações

A Secretaria Municipal de Obras (SMO) promoveu a ação Cata Foco em vário bairros. A atividade recolheu toneladas de lixo e entulhos que serviam como criadouro para o mosquito;

No dia 30 de maio foi feito trabalho de visita nas residências no bairro Lira com entrega de sacos de lixos. Assim os moradores puderam depositar os materiais que armazenavam água. Além disso, a comunidade também recebeu dicas e orientações sobre como prevenir o Aedes aegypti;

As agentes de saúde (ACS) e agentes de combate de endemias (ACE) realizam a ação mecânica (Vira Pote). O trabalho é feito todos os dias em um raio de 300 metros da casa, onde ocorreu caso suspeito antes mesmo do resultado;

Foi realizada uma reunião com representante da 1ª Coordenadoria Regional de Saúde do Estado, José Wellington Alexandre. O assunto foi a possibilidade da passagem de veneno nos locais com maior incidência de mosquitos. Porém o veneno tem como diluente o álcool isopropílico, produto em falta no mercado. Rosane explica que o clima está diferente este ano, por causa da estiagem e seca e a demora do frio para chegar. ?Tudo isso ajudou na proliferação dos mosquitos?, esclarece Rosane.

Brasão de Estância Velha