Home > Notícia Leitura
Julho de 2019

11/07/2019
Pequeninos do Rincão participam de feira científica
Pesquisa científica não é só assunto de gente grande. Quem comprova isso são os alunos da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Rincão dos Pequeninos, no bairro Rincão dos Ilhéus, em Estância Velha. Nesta quinta-feira, 11, ocorreu a III Feira da Pesquisa Científica dos Pequeninos (Fecipeq), na quadra da escola, com oito estandes coloridos e chamativos. Ao entrar, o corredor principal já chamava atenção com gaiolas penduradas ilustrando o tema de cada trabalho.

O tema dos bebês do berçário 1 foi a sensibilidade. Já o berçário 2, mostrou os mistérios do céu. O maternal, a lua e o sol. O arco-íris ficou por conta do maternal 2. Entrando no mundo das águas, o pré 1A desvendou o tubarão amarelo e o pré 1C, estudou a tartaruga. Já na área terrestre, o pré 1B apresentou o projeto ?Bom pra cachorro?, que explorou a vida dos animais de rua ao redor da escola. O pré 1D apresentou ?Visita inesperada?, uma pesquisa sobre lixo e insetos.

Os trabalhos são avaliados por professores da rede municipal de ensino. Quem concorre a uma vaga na mostra municipal são os estudantes do pré. Além de todo o espaço montado, existia uma casinha chamada ?Rincão das artes? no pátio, onde eram transmitidos vídeos explicativos sobre os temas escolhidos pelos pequenos.

De acordo com a coordenadora pedagógica, Silvana da Silva Habigzang, o trabalho foi feito desde maio e todos tinham que responder uma questão em relação ao assunto escolhido. ?Os temas foram eleitos pelos próprios estudantes ao perceberem o que ocorria no dia a dia?, explicou.
Para Silvana o que importa é o protagonismo deles que merece ser desenvolvido. ?A mostra incentiva as crianças que naturalmente já nascem curiosas?, esclareceu. O objetivo é criar habilidades e competências que levarão para sempre.

Família foi apreciar

Os pais Marciele Lambrecht, 24, e Rafael Fernandes Elsenbach, 25, foram até a escola prestigiar o pequeno Henrique de apenas três anos. A mãe disse que é muito importante assistir o trabalho deles, pois foi realizado em um longo período e várias etapas. Ela também lembrou do futuro das crianças. ?Muitos já pensam o que querem ser quando crescer e afloram as responsabilidades desde cedo?, ressaltou. Para finalizar, Marciele afirmou que todos encaram o desafio e não deixam a empolgação de lado.

Brasão de Estância Velha